Topo
Sindivestuário / Indústria da Moda & Negócios  / Varejo on-line vende 25% mais
27 nov 2018

Varejo on-line vende 25% mais

As vendas nas lojas virtuais no período estendido da Black Friday – de quinta-feira a domingo – superaram as expectativas do varejo. No período, o faturamento somou R$ 3,55 bilhões, com alta de 25% ante 2017, conforme dados da Ebit| Nielsen. Apenas os dois primeiros dias movimentaram R$ 2,6 bilhões, um avanço de 23% em comparação aos 15% esperados

Nesse cenário, o Carrefour Brasil, que retornou ao comércio eletrônico em 2016, obteve vendas 107% maiores, em base anual, na quinta-feira, e 110% na sexta-feira, segundo uma fonte disse ao Valor. Nesses dias, a varejista abocanhou fatia de 5% do mercado, equivalente a R$ 130 milhões. Foram vendidos 30 mil smartphones, 15 mil TVs e 60 mil pneus.

O concorrente Grupo Pão de Açúcar (GPA) obteve expansão de 57% nas vendas on-line de alimentos na Grande São Paulo. Em bebidas, os destaques foram gin e vinho. O site do Pão de Açúcar vendeu 85 mil garrafas, incluindo uísque e vodca.

Segundo Ana Szasz, líder comercial da Ebit|Nielsen, as empresas se preparam melhor para a liquidação, fazendo mais investimentos em tecnologia e elevando o estoque de produtos. “O faturamento por dispositivos móveis foi 48% maior”, disse.

No varejo físico, a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) informou que nos quatro dias o fluxo de visitantes aumentou 4,5% em relação ao mesmo intervalo de 2017, segundo pesquisa feita pela Abrasce e pela FX Retail Analytcs. Em comparação com o último fim de semana de outubro, o número de visitantes foi 79% maior. O presidente daAbrasce, Glauco Humai, disse que a data reforça a previsão do setor para crescimento entre 5,5% e 6% neste ano.

A Sonae Sierra Brasil, que administra dez empreendimentos, registrou fluxo de consumidores 35% maior no Boulevard Londrina Shopping. “As categorias de eletrônicos é o carro-chefe nas vendas. Na sequência estão vestuário e calçados. A Black Friday só perde em vendas para o Natal”, disse Andre Lupo, diretor de operações.

Entre as operadoras de telecomunicações, a Claro obteve venda 10% maior de smartphones entre os dias 19 e 26, na comparação anual. O volume de planos controle e pós-pago vendidos na Oi cresceu 115% na sexta-feira, em relação a um dia normal. A Smiles, que administra o programa de fidelidade da Gol, emitiu 125 mil passagens entre quinta e domingo, uma alta de 25%. “Os clientes resgataram 2 bilhões de milhas nesse período”, disse o diretor de desenvolvimento de negócios, Carlos Mauad.

Fonte: Valor Econômico

Por Alexandre Melo.

Nenhum comentário

Deixe uma resposta