Topo
Sindivestuário / Indústria da Moda & Negócios  / Vendas no mundo real x digital: como essas estratégias se complementam?
26 ago 2019

Vendas no mundo real x digital: como essas estratégias se complementam?

Até o fim de 2019, o faturamento do e-commerce brasileiro deve crescer 15%, com vendas totais de R$ 61,2 bilhões. Além disso, o valor médio das compras deve ser de R$447, alta de 3%. Foi o que estimou a Ebit|Nielsen, empresa de mensuração e análise de dados. Paralelamente, um estudo da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm) constatou que empresas tradicionais do varejo vendem, online, mais do que as que já surgiram como e-commerces. Onde estará o ponto de equilíbrio?

De acordo com a Associação Brasileira de Indústria Têxtil (Abit), o setor Moda Praia consome cerca de US$ 1,5 bilhão por ano no mercado interno. Isso mostra que, cada vez mais, a mulher brasileira está em busca de biquínis, maiôs e saídas de praia que acompanhem as últimas tendências do Brasil e dos Estados Unidos.

Nunca a Beachwear — ou a Moda Praia — esteve tão em voga. Em redes sociais, como o Instagram, digital influencers ditam moda e as mulheres brasileiras também querem vestir a marca de moda praia “queridinha das famosas”. Segundo apurou o Instituto QualiBest, nada menos que 49% dos consumidores confiam em influenciadores digitais para tomar a decisão de compra. Neste contexto, a Pajaris — marca brasileira que aposta em biquínis, maiôs, saídas de praia, cangas, vestidos e moda balneário — é prova viva de que é possível complementar as duas estratégias de vendas: lojas físicas e e-commerce. A Pajaris é a única marca brasileira 100% digital, onde o canal e-commerce tem preferência, dita a produção e recebe as novidades em primeira mão.

Para se ter ideia, o e-commerce da Pajaris conquistou um crescimento de mais de 1000% nos últimos 12 meses e, em maio deste ano, comandou o lançamento de um e-commerce nos Estados Unidos. Assim, a Pajaris é a única marca brasileira a começar uma operação de sucesso pelo e-commerce nos EUA, sem ter loja física em solo norte-americano, nem atacado, com tão pouco tempo, baixo custo e mega eficiente.

Mas, engana-se quem pensa que a marca também não investe no “mundo real”, conforme demonstra Camila Panades, fundadora e estilista da Pajaris. “Com foco em entender melhor a moda que surge no dia a dia da mulher, a Pajaris decidiu não ter intermediários no atendimento às clientes, criando, assim, uma marca 100% digital e conectada com os desejos da mulher Pajaris”, afirma Camila. “Atendendo ao pedido das clientes, porém, a nossa marca apostou também em lojas físicas”, acrescenta.

“Nos últimos anos, percebemos que muitas clientes precisam comprar seus biquínis com urgência e não têm tempo de esperar o frete, ou precisam provar os modelos antes de comprar no site”, diz a estilista da Pajaris, que hoje conta com uma loja física em Copacabana, no Rio de Janeiro/RJ, e uma loja em Moema, em São Paulo/SP.

Ainda segundo Camila, ao longo dos anos a Pajaris descobriu que o diferencial da marca é ter o máximo de contato com as clientes e possibilitar o acesso à marca para todas as mulheres brasileiras que buscam inovação e velocidade no lançamento de peças únicas e diferentes. Tanto no real, como no digital.

“A Pajaris já era sucesso no e-commerce quando a nossa primeira loja surgiu, em pleno coração da zona sul carioca, na praia de Copacabana. A loja fica dentro do Hotel Pestana que, por sinal, tem uma das mais belas vistas do Rio de Janeiro, na frente da orla da praia mais famosa do mundo. Já a nossa segunda loja está localizada no bairro mais gostoso de São Paulo, Moema, também conhecido como o bairro mais carioca da capital paulista”, explica.

Mas, qual será o segredo para combinar, com sucesso, a estratégia da loja física com a digital? Camila Panades explica que cada uma das lojas da Pajaris foi pensada para receber as clientes da melhor forma possível. “Nas lojas físicas da Pajaris, prezamos por um atendimento carinhoso, com o máximo de atenção e em um ambiente que proporciona toda segurança e paz do mundo, para que as nossas clientes se sintam como se estivessem provando os seus biquínis, maiôs e saídas de praia em sua própria casa”, esclarece.

Moda para todas

Pajaris é uma marca de moda praia que investe na combinação de beleza original, conforto e luxo em materiais e acabamentos. Seu principal objetivo é vestir a mulher nos momentos em que ela deve se sentir vibrante, confiante e, sobretudo, livre.

O nome Pajaris foi inspirado em “pajaros”, pássaros em espanhol. Apesar de ser uma marca 100% brasileira, a empresa faz referência à origem de sua fundadora, Camila Panades, filha de uma espanhola com um brasileiro e apaixonada pela interessante mistura das culturas europeia e latina. Pajaris é a marca das influenciadoras digitais, e é onde a mulher brasileira pode encontrar as últimas tendências em biquínis, maiôs, saídas de praia, cangas, vestidos e moda balneário. Saiba mais: www.pajaris.com.br

FONTE: Exame

Nenhum comentário

Desculpe, os comentários estão encerrados.