Topo
Sindivestuário / Negócios (Page 49)
19 jun 2015

A receita de sucesso de uma gestão familiar baseada em simplicidade

Em 63 anos, a Lojas Cem, de Natale Dalla Vecchia (na foto) e seus dois irmãos, jamais fechou uma filial, banca o financiamento dos clientes e ignora o varejo eletrônico Dez entre dez especialistas em varejo asseguram que o futuro do negócio envolve a integração de lojas físicas e virtuais, vendas por meio de aplicativos em celulares, além de outros canais capazes de atender o consumidor onde ele estiver. Abertura de capital, parcerias com fundos de investimento, bancos estão entre as alternativas...
Continue lendo
11 jun 2015

Presidente Dilma sanciona com vetos o projeto da lei das domésticas

A presidente Dilma Rousseff sancionou com vetos o projeto de lei que regulamenta o trabalho das empregadas domésticas. A lei foi publicada no Diário Oficial da União de 02/06/2015. O primeiro veto refere-se à possibilidade de estender o regime de horas previsto na lei, de 12 horas trabalhadas por 36 de descanso, para os trabalhadores de outras categorias, como os vigilantes. A presidenta vetou esse parágrafo por entender que se trata de matéria estranha ao objeto do projeto de lei e com características distintas. O...
Continue lendo
11 jun 2015

Varejistas e fornecedores disputam preços e prazos

Enquanto fabricantes de eletrodomésticos e alimentos buscam reajustes de até 30% nos preços dos produtos, varejistas rejeitam aumento, temendo uma retração ainda maior nas vendas Para abastecer as suas 503 lojas espalhadas no interior de cinco Estados brasileiros, a Zema, rede varejista especializada em móveis e eletrodomésticos, costumava negociar preços e prazos de pagamento com os gerentes regionais dos seus principais fornecedores. Com a demanda em alta e a inflação sob controle, não havia necessidade de grandes discussões. Ao menor sinal de queda...
Continue lendo
8 jun 2015

Caem expectativas para vendas de tecnologia, lazer e vestuário, mostra estudo

A redução da renda disponível e a queda na confiança do consumidor devem afetar nos próximos anos vendas de lazer e vestuário no Brasil, mas a maior reversão nas expectativas acontece no comércio de itens de tecnologia. Estudo da empresa de pesquisa Mintel aponta queda nas projeções para esse setor, que até aqui vinha crescendo diante do aumento de penetração de tablets e celulares. O estudo projeta o cenário para as vendas de bens de consumo até 2019. A categoria Tecnologia...
Continue lendo