Topo
Sindivestuário / Negócios (Page 48)
19 jun 2015

Setor de moda íntima prevê expansão de 1,5% em 2015

De 21 a 23 de junho será realizado o Salão Moda Brasil 2015, consagrado evento de lingerie, moda praia e fitness, em São Paulo. A feira que movimentou R$ 200 milhões, em sua última edição, neste ano irá reunir 100 expositores com estimativa de mais de 15 mil visitantes, entre lojistas, boutiques, multimarcas, magazines, compradores internacionais e formadores de opinião. O salão oferece, aos profissionais do setor, uma ótima possibilidade para alavancar novos negócios. De acordo com o IEMI Inteligência de...
Continue lendo
19 jun 2015

A receita de sucesso de uma gestão familiar baseada em simplicidade

Em 63 anos, a Lojas Cem, de Natale Dalla Vecchia (na foto) e seus dois irmãos, jamais fechou uma filial, banca o financiamento dos clientes e ignora o varejo eletrônico Dez entre dez especialistas em varejo asseguram que o futuro do negócio envolve a integração de lojas físicas e virtuais, vendas por meio de aplicativos em celulares, além de outros canais capazes de atender o consumidor onde ele estiver. Abertura de capital, parcerias com fundos de investimento, bancos estão entre as alternativas...
Continue lendo
11 jun 2015

Presidente Dilma sanciona com vetos o projeto da lei das domésticas

A presidente Dilma Rousseff sancionou com vetos o projeto de lei que regulamenta o trabalho das empregadas domésticas. A lei foi publicada no Diário Oficial da União de 02/06/2015. O primeiro veto refere-se à possibilidade de estender o regime de horas previsto na lei, de 12 horas trabalhadas por 36 de descanso, para os trabalhadores de outras categorias, como os vigilantes. A presidenta vetou esse parágrafo por entender que se trata de matéria estranha ao objeto do projeto de lei e com características distintas. O...
Continue lendo
11 jun 2015

Varejistas e fornecedores disputam preços e prazos

Enquanto fabricantes de eletrodomésticos e alimentos buscam reajustes de até 30% nos preços dos produtos, varejistas rejeitam aumento, temendo uma retração ainda maior nas vendas Para abastecer as suas 503 lojas espalhadas no interior de cinco Estados brasileiros, a Zema, rede varejista especializada em móveis e eletrodomésticos, costumava negociar preços e prazos de pagamento com os gerentes regionais dos seus principais fornecedores. Com a demanda em alta e a inflação sob controle, não havia necessidade de grandes discussões. Ao menor sinal de queda...
Continue lendo