Topo
6 nov 2019

SP tem 155 mil empregados no ramo da moda, aponta pesquisa da Prefeitura com o Dieese

Pesquisa feita pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) e pela Prefeitura de São Paulo aponta que mais de 155 pessoas trabalham na indústria da moda na capital paulista. O número de empregados no setor vem aumentando, mas se manteve estável nos últimos dois anos, passando de 147 mil empregados em 2017 para 155 mil, em 2018. São profissionais que trabalham em fábricas e confecções da cidade. Apesar do aumento de vagas, a média salarial caiu. Em 2017, a média salarial...
Continue lendo
2 out 2019

Boletim mensal – Produção Física Industrial – Julho/2019

Saíram os dados da Pesquisa sobre Produção Física Industrial do mês de julho de 2019. Trata-se do volume produzido no Brasil e em São Paulo, em relação ao setor têxtil e de vestuário. No Brasil, no comparativo em relação ao mês de julho de 2018, em 2019 a pesquisa indica que houve um recuo de 1,7%, na indústria de transformação. Na mesma base, a indústria têxtil retrocedeu 4,6%. Diferentemente, a indústria do vestuário subiu 4%. Números contraditórios, certamente. Contudo, no acumulado...
Continue lendo
1 out 2019

Boletim Mensal – Comércio Varejista – Julho/2019

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e estatística) divulgou os dados relativos à pesquisa mensal de comércio, que trata do comércio varejista de tecidos, vestuário e calçados, relativo ao mês de julho de 2019, tanto no Brasil como em São Paulo. Enfim, alguns números positivos. Do ponto de vista nacional, as vendas subiram 6,6%, no mês de julho/19; frente ao mesmo mês do ano de 2018. No acumulado do ano, a variação, embora positiva, é bem menor: 0,4% de alta. No...
Continue lendo
19 ago 2019

Boletim mensal – Comércio Varejista – JUN/2019

Os dados do Comércio Varejista, divulgados pelo IBGE, revelam parte dos problemas que a economia e, por consequência, a indústria têm passado. Numa espécie de ciclo vicioso, o comércio não vende e a indústria não tem pedidos; ambos não contratam, nem mesmo investem. Claro que há exceções, mas são cada vez mais dignas desse substantivo. No Brasil, as vendas de tecidos, vestuário e calçados, ficaram, em junho de 2019, 1,1% menores, quando comparadas ao mesmo mês de 2018. No acumulado do...
Continue lendo