Topo
Sindivestuário / Dados Econômicos
12 dez 2018

Produção industrial SP/BR – Vestuário e Têxtil – Out/2018

Os dados do IBGE, relativos à Produção Industrial do mês de outubro de 2018 revelam: a economia mais diversificada do País sofreu muito ao longo de todo ano. São Paulo sentiu bem mais a perda de dinamismo da economia, sobretudo depois do mês de maio, quando foi deflagrada a greve dos caminhoneiros. Primeiro em termos nacionais, a contabilização do acumulado em 10 meses, feita pelo IBGE, registra queda de 1,6%, no setor têxtil e recuo de 3,7%, no setor de vestuário....
Continue lendo
27 nov 2018

Varejo on-line vende 25% mais

As vendas nas lojas virtuais no período estendido da Black Friday - de quinta-feira a domingo - superaram as expectativas do varejo. No período, o faturamento somou R$ 3,55 bilhões, com alta de 25% ante 2017, conforme dados da Ebit| Nielsen. Apenas os dois primeiros dias movimentaram R$ 2,6 bilhões, um avanço de 23% em comparação aos 15% esperados Nesse cenário, o Carrefour Brasil, que retornou ao comércio eletrônico em 2016, obteve vendas 107% maiores, em base anual, na quinta-feira, e...
Continue lendo
23 nov 2018

Produção industrial SP/BR – Vestuário e Têxtil – Set/2018

A produção física industrial, relativa a setembro de 2018, mostra sinais claros da alta dependência do mercado doméstico, por parte da indústria nacional. A correlação entre os dois elos da economia ficou evidente, ao longo de 2018. O comércio patina e a indústria fica estagnada. No mês de referência da pesquisa, o IBGE registrou alta de 2,2%, no acumulado do ano, na indústria de transformação brasileira. Nos dados nacionais, contudo, no setor de vestuário e no têxtil o resultado foi diferente:...
Continue lendo
19 nov 2018

Comércio Varejista – Vestuário, Tecidos e Calçados – Set/2018

A pesquisa do IBGE, de setembro de 2018, relativa ao Comércio Varejista de Tecidos, Vestuário e Calçados, trouxe alguma melhora frente ao mesmo mês de 2017, com alta de 1,2%, no âmbito nacional. Ainda do ponto de vista do País, o acumulado deste ano, entre janeiro e setembro, traz recuo de 3%, nas vendas do setor, no varejo. No que tange ao acumulado de 12 meses, encerrados em setembro, diante de igual período anterior, não há variação alguma. Isto é,...
Continue lendo