Topo
Sindivestuário / Dados Econômicos
10 mar 2020

Preços de vestuário e alimentos caem e IPCA-15 tem menor fevereiro desde 1994

SÃO PAULO (Reuters) - A prévia da inflação oficial brasileira permaneceu em desaceleração e atingiu o menor nível para fevereiro desde o início do Plano Real, com quedas nos preços de vestuário, cuidados pessoais e alimentos. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) desacelerou a alta a 0,22% em fevereiro depois de subir 0,71% no mês anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira. Esse é o resultado mais baixo para um de fevereiro desde o início do...
Continue lendo
27 nov 2019

Boletim Mensal – Comércio Varejista – Setembro/2019

O IBGE divulgou as informações relativas à sua Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), com dados de setembro de 2019. Para o comércio de Tecidos, Vestuário e Calçados não há nada a ser comemorado, lamentavelmente. Com isso, sofre também a indústria fornecedora desse ramo do varejo. De acordo com a PMC, as vendas de tecidos, vestuário e calçados, de setembro de 2019 ficaram, no Brasil, 1,8% abaixo do que no mesmo mês de 2018. Vale lembra que 2018 foi um ano em...
Continue lendo
26 nov 2019

Moda plus size pode movimentar cerca de US$ 24 bilhões até 2020

A moda plus size chegará em 2020 com uma onda crescente e um mercado inteiro para explorar. Em 2018, a produção de vestuário para tamanhos acima do 46 movimentou cerca de R$ 7,2 bilhões, um crescimento de 8% segundo dados da Associação Brasileira de Plus Size(ABPS). De acordo com essa mesma entidade, a previsão é de que esse ano o mercado feche com um faturamento 10% maior, se comparado ao anterior. Nos EUA, a indústria de roupas plus size tem a expectativa de movimentar até 2020 cerca de US$...
Continue lendo
6 nov 2019

SP tem 155 mil empregados no ramo da moda, aponta pesquisa da Prefeitura com o Dieese

Pesquisa feita pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) e pela Prefeitura de São Paulo aponta que mais de 155 pessoas trabalham na indústria da moda na capital paulista. O número de empregados no setor vem aumentando, mas se manteve estável nos últimos dois anos, passando de 147 mil empregados em 2017 para 155 mil, em 2018. São profissionais que trabalham em fábricas e confecções da cidade. Apesar do aumento de vagas, a média salarial caiu. Em 2017, a média salarial...
Continue lendo