Home / Negócios / Politica

Politica

Novo decreto do Governo que reduziu o ICMS para as confecções de São Paulo.

Acesse em PDF os documentos para saber na íntegra sobre o decreto que reduziu o ICMS para as confecções de São Paulo. Apresentação O Decreto Apresentação O Decreto

Leia mais »

Governador Geraldo Alckmin assina decreto pleiteado pelo setor têxtil/vestuário paulista

“O objetivo do Decreto que assinaremos hoje é estimular a produção e a geração de empregos em São Paulo, além de proteger esse importante segmento da economia paulista, que é o têxtil e de confecção, representado aqui pelo Sinditêxtil e pelo Sindivestuário.” Foi dessa forma que o Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin se dirigiu aos dirigentes das …

Leia mais »

Governo do Estado institui medidas para fortalecer as indústrias têxteis e de confecção

Objetivo é estimular a produção e a geração de empregos, além de proteger esse importante segmento da economia O governador Geraldo Alckmin assinou nesta sexta-feira, 5, em evento no Palácio dos Bandeirantes, decreto que beneficia toda a cadeia têxtil de São Paulo, promovendo ajustes na carga tributária do ICMS para seda, lã, algodão, malhas, vestuário, botões, bonés, gorros, chapéus e …

Leia mais »

Fim da desoneração causará desemprego? Entidades reagem à medida

A medida foi anunciada ontem como parte do esforço para cobrir um rombo adicional de R$ 58 bilhões nas contas do governo devido ao crescimento abaixo do esperado. A aplicação será feita por Medida Provisória, estimada para entrar em vigor em julho com impacto de R$ 4,8 bilhões em receita para o governo já em 2017. “Tomamos a decisão de …

Leia mais »

Presidente do Sindivestuário critica a reoneração da folha: “Medida é devastadora para o Setor de Vestuário

Como presidente do Sindivestuário, classifico o fim da desoneração da folha de pagamento, ou melhor, REONERAÇÃO, que o governo Federal implementou, como “uma medida devastadora para o setor produtivo do Vestuário”, justamente num momento em que o segmento dava seus primeiros sinais de recuperação”. Com o aumento de custos, não há dúvidas de que haverá um significativo aumento nas demissões …

Leia mais »

Governador Geraldo Alckmin recebe lideranças do Setor Têxtil/Vestuário para tratar do aumento de competitividade no Estado de São Paulo

Dirigentes e especialistas do Sindivestuário e o Sinditêxtil foram recebidos pelo Governador, Geraldo Alckmin, nesta segunda-feira, dia 13 de março, no Palácio dos Bandeirantes, para discutir a competitividade do Estado de São Paulo, na produção têxtil e de vestuário. A reunião durou cerca de uma hora, tempo em que os representantes setoriais puderam expor uma série de situações vividas pelas …

Leia mais »

Reoneração da folha de pagamento piora crise, dizem empresas

A aprovação no Senado do projeto de lei que reduz a desoneração da folha de pagamento gerou insatisfação entre os empresários afetados pela medida. “É uma barbaridade o nosso setor estar sendo castigado dessa forma”, afirmou José Romeu Ferraz Neto, presidente do Sinduscon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado). Hoje, as empresas do setor pagam uma alíquota de …

Leia mais »

Setor do Vestuário repudia sanção de veto à alíquota de 1,5% na folha de pagamento, pela presidente Dilma

É com indignação, e muita preocupação, que o Setor de Vestuário Brasileiro recebe a sanção da Presidente Dilma Rousseff, vetando a alíquota de 1,5% na desoneração da folha de pagamentos para as confecções de roupas, publicada no DOU, desta segunda-feira, dia 31/08. É largamente sabido que o vestuário brasileiro enfrenta, há anos, graves problemas com as importações, notadamente da China, …

Leia mais »

Dilma sanciona desoneração da folha e veta alíquota para setor de vestuário

A presidente Dilma Rousseff sancionou o projeto de lei que revê as desonerações da folha de pagamentos – o último item do ajuste fiscal do governo a tramitar no Congresso Nacional. O texto foi aprovado pelo Senado no dia 19 de agosto. Para alguns setores, haverá redução da desoneração. Ou seja, aumenta a contribuição previdenciária que as empresas têm de …

Leia mais »

Governo regulamenta seguro-desemprego para empregados domésticos

O governo regulamentou os procedimentos para que empregados domésticos consigam receber o seguro-desemprego em caso de demissão sem justa causa. O valor é de um salário-mínimo, por um período máximo de três meses. A resolução foi aprovada pelo Codefat (Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador) na quarta-feira (26), segundo o Ministério do Trabalho. Desde que foi publicada no Diário …

Leia mais »