Home / Destaque / O IVV – Índice de Viabilidade do Vestuário

O IVV – Índice de Viabilidade do Vestuário

O IVV – Índice de Viabilidade do Vestuário – do mês de agosto/17 ficou em 74,4. Portanto, mostra a dificuldade que é recuperar a produção industrial, mesmo diante de um ambiente macroeconômico melhor do que o que se tinha no ano passado, quando o IVV estava em 76,8. Importante sublinhar, a base do indicador é o ano de 2010=100.

O índice agrupa as tendências de variáveis que impactam na competitividade da indústria de vestuário paulista. Assim, números menores significam um ambiente menos propício à atividade produtiva. Portanto, a pergunta que fica é: se o comércio melhorou, mesmo timidamente, assim como a produção cresceu um pouco, por que o IVV caiu, ainda que moderadamente? A razão é que a compra de bens confeccionados vindos do estrangeiro aumentou significativamente.

Dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio revelam que a importação de confeccionados já chegou a US$ 1,15 bilhão, nesse ano e, com isso, acumulou alta de 16,7% entre janeiro e agosto de 2017, frente ao mesmo período de 2016. A importação de produtos confeccionados chineses, de outro lado, subiu 25,1%, alcançando US$ 674 milhões.

Todavia, de uma forma geral, as condições de produção devem melhorar nos próximos meses. Se observarmos o IVV a partir de dezembro de 2016 a trajetória é nitidamente de elevação. Fica a apreensão com a valorização do real e seus reflexos nas importações. Preocupação que, aliás, é de toda a indústria.

About Sindivestuário

Veja também

As portas da digitalização

Em 2017, a promessa da digitalização na indústria do vestuário continua, em grande parte, por …

Leave a Reply